• Montimerso

O Artesanato Alentejano | Alentejo Crafts

Atualizado: Mar 25


Conhece esta arte que tem anos de história, devoção no manuseamento dos

recursos naturais e envolve Portugal nas suas memórias?


O Alentejo está recheado destas maravilhas: Olaria, pintura, cortiça, tecelagem e

bordados (tapetes de Arraiolos e mantas tradicionais) e as demais atividades deste ramo.

Escolhemos dar-lhe a conhecer um pouco da cortiça e da olaria.


A cortiça, que é um tecido vegetal 100% natural, provém da casca do sobreiro.

Esta árvore tem um tempo de vida entre os 250 e os 300 anos e é conhecida pela sua

longevidade e renovação. Quanto mais extrações se fizerem à árvore, melhor é a cortiça.

Só pode começar a ser descortiçada após 25 anos e depois em ciclos de 9 em 9 anos.

Além de ser 100% natural, é biodegradável, reciclável, elástica, impermeável,

promove um excelente isolamento térmico e acústico, é hipoalergénica, garante a

manutenção da qualidade do vinho e as suas características não terminam aqui. Tem

também, imensas aplicações e utilizações, sendo por isso um dos materiais mais utilizados

no artesanato (para bijuteria, costura, etc).




Por sua vez, a olaria, é a arte de manusear materiais naturais, ou seja, são pastas

naturais moldáveis, desde a argila, e diferentes cores, à porcelana passando pelo grés. E

tal como a cortiça, tem imensos anos de histórias para contar. Os artesãos promoveram a

olaria, levando-a ao posicionamento que tem hoje, por percorrerem várias feiras e

mercados, dando a conhecer o seu trabalho. Assim, esta tradição milenar, ultrapassou a

sua função prática, tornando-se decorativa e até mesmo em arte, nalguns casos. Com as

melhorias nas condições de trabalho, a produção destas peças tem uma qualidade superior

às mais antigas.


Podemos encontrar inúmeras peças, sejam elas decorativas ou com carácter

utilitário, ao nosso gosto e adequadas à finalidade que lhe queremos dar.

Este trabalho requer calma e concentração. É preciso encontrar o equilíbrio certo

para que a peça saía de acordo com as expectativas do oleiro e do futuro comprador.

Não existem duas peças iguais, é uma das muitas vantagens do artesanato, porque

a natureza é assim, única e cheia de novidades por explorar. É como se deixasse uma

pequena impressão digital, diferente em cada peça.


Uma curiosidade sobre as artes manuais, são os benefícios que nos trazem.

Desenvolvem a coordenação motora, mantém o cérebro ativo e uma mente criativa.

Sabia? Cultiva também a paciência necessária porque o processo exige períodos de espera

entre as várias fases produtivas.


Convidamo-lo a deixar-se conquistar e aprofundar os seus conhecimentos por este

tema numa visita ao Alentejo.





Do you already know this art, that has years of history, devotion in the handling of

natural resources, involving Portugal in its memories?


Alentejo is filled with these wonders: Pottery, painting, cork, weaving and

embroidery (Arraiolos rugs and traditional blankets), as well as other activities of this

branch.


We chose to make you know some of the cork and pottery.

Cork, which is a 100% natural vegetable fabric, comes from the cork oak shell.

This tree has a lifespan between 250 and 300 years and is known for its longevity

and renewal. The more extractions you make to the tree, the better the cork will be. It

can only begin to be uncorked after 25 years and then in cycles every 9 years.

Besides being 100% natural, it is biodegradable, recyclable, elastic, waterproof. It

promotes excellent thermal and acoustic insulation, hypoallergenic, ensures the

maintenance of wine quality, and its characteristics do not end here. It also has many

applications and uses, therefore being one of the most used materials in

handcrafts (for jewelry, sewing, etc.).



Pottery is the art of handling natural materials: using natural moldable pastes, from

clay to porcelain. And like cork, you have a lot of years of stories to tell. Artisans

promoted pottery, leading it to the positioning it has today by going through several

fairs and markets, showing and selling their work. Thus, this millenary tradition,

surpassed its practical function, becoming decorative and even in art, in some cases.

With improvements in working conditions, the production of these pieces is now

characterized by its higher quality.


This work requires calm and concentration. It is necessary to find the right balance so

that the piece come out according to the expectations of the artist and the future

buyer.


There are no two equal pieces, this being one of the many advantages of handmade

pieces, since nature is, thus, unique and full of unexplored novelties. It's like leaving a

little fingerprint, different in each piece.


A curiosity about the manual arts are the benefits that it brings to us: they develop

motor coordination, keep the brain active and promote a creative mind. You knew it

already?


We invite you to let yourself be conquered, deepening your knowledge for this

theme, when you visit us in Alentejo.

13 visualizações